Nenhum banner cadastrado

Nenhum banner cadastrado


Conte seu caso

Dividir o seu momento difícil e ouvir conselhos de quem já passou por problemas semelhantes, pode ser a melhor forma para uma decisão segura.
Conte seu caso

Divórcio, Pensão Alimentícia, Traição
5 de agosto de 2013
Criei filho de outro achando que era meu!

Rômulo foi traído durante o casamento e sua mulher engravidou do amante. Ao descobrir que o filho não era seu, Rômulo pediu indenização por danos morais contra a mulher e o amante, além de pedir que ela devolvesse todo o dinheiro que sustentou o “filho” até os dias de hoje. O STJ condenou a mulher a pagar indenização, mas excluiu o amante que não tinha qualquer dever de fidelidade com Rômulo. O Tribunal também negou o pedido de devolução dos alimentos pois, para todos os efeitos, Rômulo é o pai socioafetivo da criança, além disso, o valor dos alimentos nunca se devolve pela própria natureza.

Nenhum comentário
Faltam caracteres.

aviso

Traição
29 de abril de 2013
Desconfio de meu marido com a empregada…

Sandra é casada e tem uma empregada há dois anos que dorme no serviço. Com a lei da empregada doméstica, ela pensa em demitir a moça para contratar outra por um salário menor e somar as horas extras. Só que seu marido disse que vai contratar a empregada para ser sua secretária no consultório e Sandra começou a desconfiar de alguma relação amorosa entre eles, pois descobriu que já são amigos no facebook há meses. Ela não sabe se abre o jogo ou aguarda para confirmar a desconfiança. Você tem um conselho para Sandra?

Faltam caracteres.

aviso

  1. Eliane Oliveira disse:

    Contrate um detetive! Já fiz isso e foi a melhor coisa que fiz para descobrir tudo!
    O site do profissional que me ajudou é: http://www.detetiveavlis.com.br

  2. Francieli disse:

    Sandra faça o que está dentro do seu coração. Nunca estamos preparadas para uma situação desta, mas você merece a verdade, mesmo que doa.
    Não deixe que as pessoas enganem você, seja forte e contrate um detetive, e acredite… se ele realmente estiver traindo você com ela, ele que estará errado e perdendo algo, você só terá que se reerguer, e acreditar que isto é possível. Boa sorte Querida.

Traição, União Estável
20 de fevereiro de 2013
Fui amante aos 16 anos e me arrependo…

Aos dezesseis anos de idade, Vanda (nome fictício) era amante de seu chefe. Hoje, ela sofre por ter sido seduzida por um homem muito mais velho e experiente que aproveitou da ingenuidade de uma moça do interior e menor de idade. Como na época o ex chefe comprou um apartamento para os encontros amorosos, ela queria saber se teria algum direito ao imóvel. Na época, Vanda tinha um namorado paralelo e o ex chefe insistia para ela manter o namoro para que os funcionários não desconfiassem. Passados dois anos de dupla relação, ela contou tudo para o namorado que a perdoou e acabaram se casando, mas até hoje a relação deles traz o fantasma do passado. Vanda está angustiada e quer se vingar do ex chefe-amante. Você tem algum conselho para Vanda?

<strong> © <a href=’http://www.dreamstime.com/bg_knight_info’>Ivan Grlic</a> | <a href=’http://www.dreamstime.com/’>Dreamstime.com</a></strong>

Faltam caracteres.

aviso

  1. Rômulo Bulhões disse:

    Esquecer o passado e entender que qualquer relação entre duas pessoas se caracteriza pelo consentimento de ambas as partes, portanto ela também é culpada pela escolha que fêz…..bola pra frente…amanhã será melhor que hoje e assim sucessivamente…!!