Nenhum banner cadastrado

Nenhum banner cadastrado


Conte seu caso

Dividir o seu momento difícil e ouvir conselhos de quem já passou por problemas semelhantes, pode ser a melhor forma para uma decisão segura.
Conte seu caso

Diversos, Divórcio
4 de novembro de 2013
Ele me bate e diz que é fetiche…

Joana é casada há sete anos e vem tolerando agressões físicas e verbais do marido antes e durante a relação sexual, sob a alegação de fetiche. Ele diz que precisa disso para se relacionar, mas já está passando do limite e não admite conversar sobre o assunto. Joana tem filhos e, por isso, não pensa em levar o caso à polícia. Você tem um conselho para Joana?

Faltam caracteres.

aviso

  1. Aparecida C. Sousa disse:

    Joana os filhos vão crescer se casar e sair de casa, e você vai continuar apanhando? Faça o que é certo antes que o fetiche do seu marido acabe te matando. Nenhum amor vale a pena se for com violência,primeiro nos amamos e depois a eles.

  2. Bruna Nunes disse:

    Bom Joana, no nosso site, você pode conhecer várias histórias como a sua, e elas encontram saídas diferentes. Venha conhecer nosso trabalho. Mas acredito que nesse caso o melhor e denunciar, você não deve se calar sobre esse acontecimento.

  3. Francieli disse:

    Acredite você é melhor que isto. Infelizmente o seu esposo precisa de um tratamento e você não pode esperar a vida toda para ele enxergar o quanto está errado.

    Conheço famílias que conseguiram superar por estes momentos mas só quando a pessoa compreende que está errada e vai buscar ajuda.

    Lute por você e também pelo seus filhos, eles querem ver você feliz, e pensa: Até quando você viverá assim? Se a mudança não partir dele, deverá partir de você… antes que se arrependa. Boa sorte querida.