Nenhum banner cadastrado

Nenhum banner cadastrado


Conte seu caso

Dividir o seu momento difícil e ouvir conselhos de quem já passou por problemas semelhantes, pode ser a melhor forma para uma decisão segura.
Conte seu caso

Famílias Múltiplas, Filiação, União Estável
25 de maio de 2013
Meus filhos reprovam meu romance!

Lourdes tem mais de sessenta anos de idade, é viúva e avó. Seus filhos, todos homens, não se conformam em vê-la com um namorado dez anos mais novo e já disseram que se ela for morar com ele, nunca irão visitá-la e nem os netos. Lourdes já fez um testamento para os filhos e já se organizou para evitar qualquer prejuízo patrimonial para eles, mas isso não resolveu. Ela está decidida em ser feliz, mas acha que se optar por ficar longe dos filhos não conseguirá a felicidade. Você tem um conselho para Lourdes?

Faltam caracteres.

aviso

  1. Bernadete Menezes disse:

    Olá Lourdes,
    Eu lhe dou os parabéns pela coragem e pelo amor a vc mesma. Vá ser feliz minha amiga, a vida passa rápido demais e seus filhos devem estar com ciume. Investigue bem a vida do futuro companheiro para ver se vc não estará entrando em rolo. sabe como é….quando nos apaixonamos, subestimamos o perigo. preste bem atenção nas falas e atitudes dele. Se tudo for positivo, vá ser feliz!! Vc ja´fez muito com a criação dos seus filhos. O tempo resolve tudo. Boa sorte.

Divórcio, Filiação
15 de maio de 2013
Minha sogra não me deixa em paz!

Alice é casada há um ano e não tem bom relacionamento com a sogra. Como seu marido é filho único, a sogra se envolve na vida pessoal do casal e a critica por delegar serviços domésticos para a empregada, pois diz que “uma boa esposa deve se dedicar ao marido e não ao trabalho”. Alice resolveu cobrar do marido uma postura mais séria, mas percebeu que ele gosta dessa disputa de quem é melhor para ele. Ela está pensando em jogar tudo para o alto, mas não sabe o que dizer aos seus pais que gastaram todas as economias na recente festa de casamento. Você tem um conselho para Alice?

Nenhum comentário
Faltam caracteres.

aviso

Filiação, Guarda e Visitas
3 de maio de 2013
Acho que minha mãe tirou meu direito de ter um pai…

Oswaldo é filho único e sempre odiou o pai, mesmo sem conhecê-lo. Desde criança, a mãe de Oswaldo falava mal do pai, que era uma pessoa ruim e até chegou a falar que abusava sexualmente dele. Oswaldo cresceu acreditando que seu pai era um monstro.  Só que, recentemente, um distante conhecido da família entregou uma carta do pai, antes de morrer, pedindo desculpas por ter desistido de lutar contra os atos da mãe que o impedia de visitá-lo. Inicialmente, Oswaldo ficou com muita raiva daquele “monstro querendo se fazer de santo”, mas começou a desconfiar de que sofreu alienação parental. Oswaldo procurou o site para dividir este momento, pois seus pais já estão falecidos e acha que isso pode acontecer com outras famílias.

Nenhum comentário
Faltam caracteres.

aviso