Nenhum banner cadastrado

Nenhum banner cadastrado


Conte seu caso

Dividir o seu momento difícil e ouvir conselhos de quem já passou por problemas semelhantes, pode ser a melhor forma para uma decisão segura.
Conte seu caso

Famílias Múltiplas, Guarda e Visitas
26 de setembro de 2012
Minha mulher tem ciúme da minha filha de outra relação.

Walter adora sua esposa, mas se sente dividido quando sua filha de três anos o visita de quinze em quinze dias. Sua esposa impede que a filha de dormir na sua cama com o pai, quando está com medo, e ainda não quer fazer programas infantis nesses dias. Na frente dos outros ela se passa de ótima madrasta, mas ele não a vê assim. Já tentou conversar e ela diz que tem seus limites e não vai abrir mão disso. Você tem um conselho para o Walter?

Faltam caracteres.

aviso

  1. Wilson disse:

    Oi Walter, meu nome é Wilson e passo pelo mesmo problema. Na verdade queria ver se você conseguiu resolver esse problema porque até agora eu não consegui. Não sei o que faço mais, pois me sinto extremamente chateado por minha esposa não entender a situação.

  2. Brigida disse:

    Walter, Emerson e Wilsom…lembre-se q filho vai ser sempre filho, já mulher ou esposo a gente troca, não existe ex-filho…pense nisso! Já ex-esposa e ex-marido….elas não sabiam q vcs tinham filhos? converse e esclareçam a situação, se não der certo, troque de esposa ou volte com a mãe dessas crianças…quem sabe!

  3. mariana disse:

    Boa sua resposta BRIGIDA!
    Porem não é tão simples assim.
    É normal a esposa sentir ciumes, e se sentir trocada muitas vezes.
    Elas sabem que elas foram no caso o segundo plano de um casamento que não deu certo, e muitas vezes os pais dizem “vamos esperar um tempo pra eles crescerem e dai começamos a nossa vida, ter nossos filhos”
    Eu sou madrasta, eu adoro a menina mais tem hora que o meu marido não sabe dividir a atenção!E Mima a criança, faz um parque de diversões quando ela vem, e isso e errado
    As vezes a mulher associa muito a criança a imagem da mãe, e isso no começo é inevitavel,dps melhora

  4. mariana disse:

    Não é simplismente “vc ja sabia que tinha filhos” nós nao queremos que os abandonem, é que muitas vezes o pai e manipulado pelas mães atraves das crianças…ja ouvi coisas do tipo “minha mãe mandou você passear bastante comigo”"eu so vim pra passear”"minha mãe falou que você tem muito dinheiro e pode me dar coisas caras”e isso tira a autoridade da madrasta, pq elas sabem que não podem mais que as mães das crianças, e que tudo que elas quiserem elas conseguem…ou ouvir “minha mae disse que a mesma coisa que aconteceu com ela vai acontecer com você” e o pai ouvir e nao falar nd, nao é facil tb

    • Nascimento disse:

      Pois eh Mariana . . . passo por isso também porém minha mulher sempre super se deu bem com minha filha embora algumas vezes passe a ela essas situações que a Mãe passa indiretamente. . . por exemplo fotos e comentários em redes sociais, só que acha que ela é treinada. . . como minha filha morava no interior e só agora veio ao convívio dia a dia penso que tenho que focar na minha filha mas dependo da minha mulher pois a atividade que sempre desenvolvi nunca fui bem sucedido então alem disso tudo ainda escuto que vivo na aba dela sendo q faço 10 anos de relação agora em junho . . . terapeuta ?!

  5. Francisco disse:

    Mulheres, os filhos não tem culpa alguma se o relacionamento de seus pais não deram certo. É óbvio que qualquer filho que ame seus pais os quer juntos para sempre, porém é preciso ter muita maturidade para lidar com isso, não é simplesmente como apertar um botão e está tudo resolvido, é um processo a longo prazo, tenham paciência.
    Homens suas atuais esposas também precisam da compreensão de vocês, deem a elas o tempo que precisam para adaptar se a essa nova vida, troquem de lugar com elas, e se fosse ao contrário como vocês agiriam. Eu também sofro as consequências de uma segunda relação.

    • Eduarda disse:

      Gostaria muito da ajuda de alguém, um conselho, ..
      Tenho uma filha de 17 anos, e minha companheira não fala com ela, nunca se quer olhou pra ela, no começo achei que era adaptação pq ela não tem filho, mais depois de 6 anos morando as três juntas, não estou aguentando mais, sempre perguntei para minha filha se isso a incomodava e ela dizia q não, mais não tenho certeza, pois sempre me incomodou, amo demais minha companheira, já implorei para ela mudar e ela nem sequer fala sobre o assunto, estou em depressão, estou pensando em me separar, ela sempre fez tudo por mim, mais nunca pela minha filh

    • Claudia maria Tavares disse:

      Esse assunto é muito complexo. onde envolve filhos e ex.esposas meu deus. tem que ter bastante sabedoria para lidar com a situação. eu mesma estou no segundo casamento tenho um filho de 20 anos e o meu atual marido tem duas filhas uma de 13 e outra de 17 de mães diferentes.na qual a de 17 anos foi de um namoro e de 13 anos ele conviveu com a mãe. e hoje a de 13 vem mais finais de semana ficar com a gente. mais a menina tem dupla personalidade na frente do pai mim trata super bem mais na frente da mãe não fala comigo.e o pai já presenciou isso e nada fez. e se eu falar algo ele fica chateado.

  6. Ver mais comentários

Divórcio, Pensão Alimentícia
24 de setembro de 2012
Marido Avarento
a independência financeira pode ajudar a relação

Ana M.é casada há três anos, é dona de casa e tem dois enteados. Sempre foi muito difícil pedir dinheiro para o marido que a controla com centavos. Acha que ele tem trauma do que aconteceu com o primeiro casamento que até hoje ele tem que sustentar a primeira mulher por decisão da justiça. Ana M. frequenta os melhores restaurantes da cidade em que vive, viaja para o exterior todo ano, mas o marido não quer que ela gaste o dinheiro dele sozinha. Ela quer trabalhar, mas ele não permite. Ana decidiu se separar, mas acha que vai se arrepender. Você tem um conselho para Ana M.?


Faltam caracteres.

aviso

  1. erica Mirela arujo disse:

    A felicidade é mais importante em qualquer relacionamento. Converdar com o marido avarento e explicar que você não é igual a outra ,é uma esposa amorosa e dedicada,que necessita ser valorizada como mulher em atenção, generosidade e companheirismo.

Divisão de Patrimônio, Divórcio, União Estável
22 de setembro de 2012
Ele quer casar? Tarde demais…
theprint" />

Beatriz vive há sete anos com seu companheiro num apartamento alugado. Ela sempre sonhou em se casar, mas ele sempre negou. Agora, ele vai receber um bônus do trabalho e, coincidentemente, a pediu em casamento. Ele pretende comprar um imóvel com esse dinheiro e quer se casar no Regime de Separação de Bens. Ela desconfia que o pedido de casamento foi uma forma para não dividir o imóvel e, por isso, não aceitou o pedido de casamento. A recusa abalou a relação. Você tem um conselho para Beatriz?

Nenhum comentário
Faltam caracteres.

aviso