Nenhum banner cadastrado


Seus Direitos

Dicas jurídicas sobre diversos temas de direito de família em linguagem acessível para uma decisão segura.

Conte seu Caso

Quem nunca passou por um problema familiar? Sua experiência pode ajudar outras famílias.

Clique Aqui
blog
Prazer em te conhecer, Pai

O ator Caio Blat passou doze anos privado de conviver com seu filho Antonio. Sua ex mulher, Ana Ariel, insatisfeita com [...]

Leia Mais
A Guarda Compartilhada reduz o valor da pensão? E agora, Lúcia?
 

Blog

  • por Lucia Deccache
  • Enquete
  • O que vc faria se amasse alguém fora do casamento?
    Loading ... Loading ...
Traição
3 de dezembro de 2012
Lula em maus lençóis
Enviado por Lucia Miranda

A ex-funcionária do governo Rosemary Nóvoa de Noronha acompanhou o ex-presidente Lula em diversos compromissos internacionais. Rose prestava serviços ‘confidenciais’ ao então presidente, justificando a ausência de seu nome nas listas dos comitês publicadas no Diário Oficial, contra o que determina a norma legal. Madame Rose, como preferia ser chamada, tinha passaporte diplomático de capa vermelha, destinado a poucas autoridades, mas bem apropriado, pois além de dispensar vistos em outros países e permitir furar a fila nas aduanas, ainda era usado para dar ‘cartão vermelho’ à primeira-dama nessas viagens do marido.

Os doze anos como secretária do amigo José Dirceu, somados à sua competência em tarefas específicas, lhe renderam o cargo de Chefe de Gabinete da Presidência da República em São Paulo, onde acabou envolvida em esquema de tráfico de influência e de corrupção para favorecer grupos empresariais, tudo recentemente desvendado na Operação Porto Seguro da Polícia Federal.

Para o Direito de Família, viagens esporádicas, relacionamento sigiloso, entre pessoas impedidas de casar, têm o nome de concubinato, ou melhor, relação de amantes. Não há publicidade, continuidade e nem a intenção de constituir família, como exige o instituto da União Estável.

Antes da Constituição federal de 1988, não havia distinção entre união estável e concubinato puro. Hoje em dia, as relações amorosas são classificadas em casamento, união estável, concubinato (ficou reservado aos amantes). Este último, em regra, não gera efeitos jurídicos na esfera familiar, mas enormes consequências emocionais e, especificamente no caso, criminais.

Bom, Rose é divorciada e livre para o casamento. Lula, como sabemos, é casado com Dona Marisa, mas já declarou ser a favor da terceirização para os serviços que exigem mão de obra especializada…

Faltam caracteres.

aviso

  1. Roberta Campos disse:

    Já não obstante ao que se diga a respeito deste senhor quanto a idoneidade e reputação na esfera política, o que neste caso pode parecer que tão pouco importa, o que não é verdade, visto que os custos da então prestadora de serviços “sabe-se~la-de-que” eram patrocinados pelo governo/povo, ainda nos vemos na posição de assistir a uma infantilidade destas… Coisa de homem imaturo, manter fora do casamento relacionamento pura e simplesmente sexual. Minha opinião? Coisa pra homem que não sabe fazer direito, se soubesse teria tudo em casa… #RuimEmTudo #SeráQueSóFaltaODedoMesmo hehehe…

  2. Luís Maurício M. Guimarães disse:

    Uma pérola! Será que disso ele sabia???

  3. Áurea Campos disse:

    Essa matéria sobre nosso finado ” Lula-lá”, é simplesmente sensacional. Veja, a credibilidade e carisma que nosso ex-presidente imprimia e imprime ainda, sempre me deram a convicção de ser ele ” a exceção entre as espécies – masculina e política”, – mas, ” homem é homem, e nem o mais cativante dos Presidentes deste país, escapou da regra. Parabéns pela matéria, além de inteligente é também muito bem humorada.