Nenhum banner cadastrado


Seus Direitos

Dicas jurídicas sobre diversos temas de direito de família em linguagem acessível para uma decisão segura.

Conte seu Caso

Quem nunca passou por um problema familiar? Sua experiência pode ajudar outras famílias.

Clique Aqui
blog
O custo de ser princesa

 O polêmico príncipe Harry se encantou pela atriz Meghan Markle e sua carreira pode estar com os dias contados caso ela [...]

Leia Mais
A Guarda Compartilhada reduz o valor da pensão? E agora, Lúcia?
 

Blog

  • por Lucia Deccache
  • Enquete
  • O que vc faria se amasse alguém fora do casamento?
    Loading ... Loading ...
Pensão Alimentícia
27 de fevereiro de 2014
Um valor desconhecido por Stephany Britto
Enviado por Lucia Miranda

O comovente apelo da avó da atriz Stephany Britto, por uma subsistência digna, gerou a rápida resposta da neta: – Não a considero a minha avó, pois nunca tivemos contato (…).

Simples assim… a moça que recebeu (ou ainda recebe) uma pensão de 50 mil reais mensais do jogador Alexandre Pato, por um casamento que durou apenas nove meses, agora vem dizer que pelos vinte e seis anos como avó, mesmo biológica, a sua não merece uma ajuda financeira.

No caso, apesar do estatuto do idoso permitir que a avó possa escolher qual o parente vai sustentá-la, a leitura deve coincidir com a lei civil, que determina que o pedido seja feito primeiro aos filhos e, somente se estes não puderem contribuir, deve se socorrer aos netos, de forma complementar ou integral.

Há quem diga que essa senhora é interesseira, virou as costas para a família e agora quer enriquecer à custa dos netos. Bom, mesmo que fosse assim, a lei de família não leva em conta o vínculo de afetividade para determinar a obrigação de sustentar um parente, basta o vínculo biológico. Se não fosse desta forma, muitos pais diriam que não gostam de seus filhos para não pagar pensão. Ou, do contrário, muitas mães suspenderiam o contato com os pais porque estão em falta com a pensão.

Então é bom separar as coisas: pensão é pensão, afeto é afeto e nem todo valor é dinheiro.

por Lúcia Miranda

advogada e mediadora

Escritório Agree

Nenhum comentário
Faltam caracteres.

aviso

Filiação, Guarda e Visitas
9 de fevereiro de 2014
Mia Farrow X Woody Allen
De que lado está a covardia?
Enviado por Lucia Miranda

Finalmente Woody Allen se defende da acusação de abuso sexual contra a filha Dylan Farrow. Na semana passada, Dylan publicou uma carta aberta no NY Times contando detalhes do dia em que teria sido abusada pelo cineasta, enfrentando alguns atores hollywoodianos que atuam em seus filmes. – “E se fosse a sua filha Alec Baldwin?”

Aos 74 anos de idade, casado há 16 anos com enteada (filha adotiva de Mia), Woody Allen resolveu contar sua trajetória como vítima de alienação parental, que sofre pelo afastamento dos filhos causado pela mãe e acusa Mia de crime de falsa denúncia por ter forjado uma imagem de pedófilo para garantir a guarda exclusiva dos filhos.

O filho adotivo Moses Farrow também fez parte da trama e saiu em defesa do pai confirmando os atos de Mia Farrow como uma verdadeira lavagem cerebral contra Woody Allen.

Não dá para dizer quem está certo ou errado, mas já deu para ter um outro olhar sobre o cineasta…

No Brasil, a lei define alienação parental como atos de quem tem a guarda ou autoridade sobre a criança para que repudie o genitor ou que prejudique o vínculo afetivo com este. Dependendo da gravidade da alienação, o juiz pode determinar multa, alterar a guarda e até suspender a autoridade parental.

Basta saber se, neste filme da vida de Allen, os filhos foram realmente interpretados por fantoches, cujas falas repetem mentiras criadas pela mãe… cenas de uma vida que não volta mais.

Faltam caracteres.

aviso

  1. Denilson Monteiro disse:

    Só uma correção, Soon Yi não é filha adotiva de Woody Allen, ela é filha de Mia e do ex-marido dela, André Previn. O que aconteceu foi que ele acabou se envolvendo com a filha da namorada – ele também não era casado com Mia -, assim como acontece nas telenovelas e todo mundo acha muito natural. O que acho muito desagradável é Mia Farrow vir a público para brincar com a paternidade do filho, dizendo que ele pode ser de Frank Sinatra. Não é atitude de uma mãe tão preocupada com os filhos, imagem que ela sempre procurou passar.

    • Lucia Deccache disse:

      Isso Denilson, Soon Yi não foi adotada por Woody Allen, mas eles tinham uma relação de padrasto e enteada. Ademais, Mia não era casada com Woody Allen, mas tb não era apenas namorada. Eles tinham uma relação sólida de união estável e seu companheiro tinha relações com sua filha adotiva… mas alienação parental não merece defesa! Nada justifica tais atos covardes. Obrigada pela correção. Abraço, Lúcia Deccache.