Grávida de Eike Batista, com quem mantém relacionamento público há nove anos, Flávia Sampaio continua sendo chamada pela mídia de “namorada do bilionário”. Êpa! Namorada não… companheira, por favor!

Mesmo que não morem juntos, a gestação veio confirmar os requisitos legais da União Estável, quais sejam, relação pública, contínua e duradoura, com intenção de constituir família.

Na prática, há quem prefira negar a vida de companheiros e continuar com a fachada de namoro para evitar qualquer divisão de patrimônio (um alerta: o contrato de namoro é ineficaz se for comprovada a união estável). Existem os mais prevenidos, que assumem a relação de união estável e celebram um contrato de conviventes para organizar a questão patrimonial da forma que preferirem.

No caso, se nada celebraram ou se fizeram um contrato de namoro e depois for declarada a união estável, o dono das empresas OGX, MMX, OSX, AUX, REX, IMX e SIX deve tomar cuidado para que Flávia não se torne EX, pois poderá ter direito à metade dos bens de Eike, adquiridos no período da convivência.

Se optaram pelo contrato de conviventes… avisem à mídia que ela não é mais namorada, ok?

2 Responses

  1. Fantástico seu trabalho. Essencial à sociedade, de utilidade pública mesmo! Continue a iluminar caminhos de muitos que estão perdidos, nas trevas da ignorância. Bjs

  2. Por incrivel que pareca, as familias da Biblia nao sao como as dos nossos herois ou do tipo que, eventualmente, imaginamos. Muito parecidas com as nossas familias, com as barras pesadas que muitos de nos enfrentamos em casa quase todos os dias.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *