Nenhum banner cadastrado


Seus Direitos

Dicas jurídicas sobre diversos temas de direito de família em linguagem acessível para uma decisão segura.

Conte seu Caso

Quem nunca passou por um problema familiar? Sua experiência pode ajudar outras famílias.

Clique Aqui
blog
O tesouro que a ganância não vê

Sérgio Cabral e Adriana Ancelmo estão presos. Deixarão de conviver com seus filhos de 11 e 14 anos de idade, que teriam [...]

Leia Mais
A Guarda Compartilhada reduz o valor da pensão? E agora, Lúcia?
 

Blog

  • por Lucia Deccache
  • Enquete
  • O que vc faria se amasse alguém fora do casamento?
    Loading ... Loading ...
Filiação, Guarda e Visitas
28 de setembro de 2017
O tesouro que a ganância não vê
Sérgio Cabral e Adriana Ancelmo perdem o convívio com os filhos
Enviado por Lucia Miranda

Sérgio Cabral e Adriana Ancelmo estão presos. Deixarão de conviver com seus filhos de 11 e 14 anos de idade, que teriam o direito de conviver em família se seus pais não tivessem praticado tantos crimes em busca de riqueza. A ganância os levou a perder o verdadeiro e mais precioso tesouro: a convivência com os filhos.
No caso, o casal continua com o poder familiar, mas,  como foram privados dos cuidados devido à prisão, a prole ficará sob a guarda de pessoa idônea, em regra, um parente próximo.
Vale deixar claro que o direito de guarda do filho é apenas um dos atributos do poder familiar que é a capacidade de ser pai ou mãe.
Quando o processo criminal chegar ao fim e não houver mais recursos, Sérgio e Adriana podem até ter o poder familiar suspenso, se a pena definitiva ultrapassar dois anos.
E para piorar, podem até perder essa capacidade e serem riscados como pais de seus filhos, se o Ministério Público Estadual entender que o ex-governador e a ex-primeira dama praticaram atos contrários à moral e aos bons costumes… será, hein?
Bom, o Brasil está deixando de ser Pasárgada e, pelo visto, quem vai pagar o pato são os filhos dos amigos do rei.

por Lúcia Miranda

Nenhum comentário
Faltam caracteres.

aviso

27 de julho de 2017
Herança Surrealista
Enviado por Lucia Miranda

O corpo de Salvador Dalí será exumado após vinte e oito anos de sua morte. A taróloga catalã Maria Pilar Abel Martínez alega ser sua filha, fruto de um breve relacionamento de sua mãe com o pintor surrealista.

Desde 2007, Pilar vem tentando testes de DNA dos restos de pele e cabelo deixados nas última obras do artista (uma em Madri e outra em Paris) mas nunca conseguiu o resultado destes exames.

As obras e direitos autorais de Salvador Dalí pertencem ao Ministério das Finanças e da Administração Pública da Catalunha e à Fundação Gala-Salvador Dalí, que serão obrigados a entregar o patrimônio deixado à declarada filha.

No Brasil, também não há prazo para se exumar um corpo quando se trata de reconhecimento da paternidade, já que todo cidadão tem direito de saber a sua origem. O interesse patrimonial deve ser apenas consequência do vínculo de filiação declarado.

Bom, interesses daqui ou Dalí, o que importa é que Pilar será herdeira exclusiva, já que não existem outros herdeiros legítimos na primeira linha de sucessão.

Por Lúcia Miranda

Escritório Agree

 

Faltam caracteres.

aviso

  1. Luís Maurício disse:

    Excelente! Muito esclarecedor!

Divórcio
5 de setembro de 2016
Desencontro com Fátima
Enviado por Lucia Miranda

Já não é novidade o divórcio do casal mais famoso da Globo. Para nós, a notícia chegou junto com o discurso da ex-presidente no Senado, provando que a dupla de jornalistas sabe a hora certa de divulgar (ou não) uma notícia.

Fátima e Bonner eram conhecidos como um casal formal e simpático. Vinte e seis anos depois, ela permaneceu formal e simpática e ele acrescentou tempero em sua vida, deixou de ser formal e se soltou nas redes sociais com brincadeiras e piadas como se ali fosse o campo para a sua liberdade pessoal…

Tem sido muito comum, em casamentos longos, o uso das redes sociais como porta para a liberdade. É através dali que o aprisionado em sua mudança pessoal se liberta e passa a conhecer novas pessoas e ter novas experiências…

Aceitar as mudanças do outro pode contribuir para um relacionamento mais duradouro, pois casamento é formado por vários encontros com a mesma pessoa em momentos diferentes.

Caso contrário, o encontro com Fátima, Maria, Ana, Isabela… pode virar desencontro.

 

Por Lúcia Miranda

Escritório Agree

Nenhum comentário
Faltam caracteres.

aviso